Homenagem à Brittany Murphy


Postei no Twitter que ninguém deveria morrer em época de Natal. Muito menos gente do cinema. Muito menos atrizes. Um capricho poético para homenagear aqueles que leio em notícias estarrecedoras. Não esperamos nada, de repente elas aparecem. Não deu pra completar no micro-blog, por causa dos 16 toques: é que elas (as atrizes) fazem falta. Ainda mais as bonitas. Perdemos no último domingo, e foi sepultada ontem, véspera de Natal, a americana Brittany Anne Murphy, escorpianina nascida há 32 anos em Atlanta.Atriz e cantora, surgiu na tela com As Patricinha De Beverly Hills, destacou-se no excelente papel Garota Interrompida ao lado de Angelina Jolie, mais 8 Mile com Eminem, nas comédias Recém Casados e Grande Menina, Pequena Mulher, no revolucionário Sin City e em Os Garotos Da Minha Vida, contracenando com Drew Barrymoore. Na música, Brittany entre outras experiências, fez os vocais para a canção "Faster Kill Pussycat" de Paul Oakenfold, que esteve na primeira posição na Billboard Hot Dance Club Songs e a sétima no UK Singles Chart em 2006. E também cantou para projetos humanitários junto com a cantora Avril Lavigne na coletânea Peace Songs, em 2006.

A atriz morreu no domingo 20 aos 32 anos em Los Angeles, na Califórnia. Uma ligação de emergência foi feita às 8h locais (14h no horário de Brasília) pelo marido da atriz, Simon Monjack, depois que a mãe de Murphy, Sharon, achou a filha inconsciente no chuveiro. Segundo os sites noticiosos locais, Brittany estava sendo medicada para combater sintomas de gripe. Ela teria começado a vomitar na manhã de domingo. A familiares, teria dito que se sentia muito mal. Brittany era diabética, segundo sua mãe, mas autoridades disseram ser remota a chance da doença estar relacionada à morte. Não houve vestígios de substâncias ilegais, segundo as primeiras notícias. Os bombeiros tentaram reanimá-la no local, e ela foi em seguida transportada até o Centro Médico Cedars-Sinai, onde foi declarada morta ao dar entrada às 10:04 após sofrer uma parada cardiorrespiratória. A causa oficial de sua morte ainda não foi determinada, mas o legista-chefe assistente Ed Winter declarou à agência AP que "parece ter sido de causas naturais". O resultado oficial só será divulgado após uma necrópsia e as análises dos registros médicos e relatórios toxicológicos da atriz. O procedimento deve ser realizado em breve, apesar da resistência do marido da atriz.


Murphy foi enterrada em uma cerimônia particular na tarde desta quarta feira 24, véspera de Natal, no cemitério de Forest Lawn Memorial Park, em Hollywood Hills, onde foi enterrado Michael Jackson. A família começou o culto à tarde e durou até a noite. Conduzida por um rabino e por um ministro cristão, foi movida ao som das vozes dos convidados que cantavam a música "Amazing grace". Depois do acontecimento, a família divulgou uma nota oficial e as notícias sobre a morte da atriz se tornaram um pouco mais claras. "Uma luz brilhante que iluminou o mundo apagou-se para sempre, mas viverá em nossos corações tocados por Brittany", disse a nota. "Brittany era uma pessoa incrivelmente amável e apaixonada, e uma artista por essência".


"Não existem palavras que possam traduzir a devastação sentida pelo marido, mãe, e por todos que estiveram presentes no velório." disse o porta-voz da família. Segundo a declaração feita hoje, dia 25,  o marido de Brittany, Simon Monjack, fez uma discurso, no qual descrevia a atriz como sua alma gêmea e melhor amiga. Monjack também falou sobre o amor, dizendo que "você nunca sabe quando ele vai aparecer, nem o quão rápido ele pode ser tirado de você." O porta-voz da família terminou a declaração dizendo que "o Natal era o feriado favorito de Brittany. Então a família deseja que todos aqueles que gostariam de honrá-la, que acendessem uma vela e lembrassem o belo anjo que entreteu, iluminou e fez do mundo um lugar melhor".

Desde o começo de sua carreira, Brittany foi acusada de ter distúrbios alimentares, ligados ao consumo de cocaína. Em 2005, ela deu uma entrevista negando as alegações. Ela era bonita e graciosa na tela em nas fotos (veja galeria a seguir), mas tinha aquele típico estilo de atriz lisérgica, que facilmente se prestava a papéis de mulher sofrida, que apanhava dos homens e/ou se drogava. Seus personagens em Sin City, 8 Mile e Garota, Interrompida eram assim. Por incrível que pareça, em Grande Menina, Pequena Mulher, ao lado de Dakota Fanning, seu papel também tinha esses toques de "desviada".

Não era uma graaaaaaaaaaande atriz, mas deixou sua contribuição  para o cinema. Depois de dar sua voz para a Gloria de "Happy Feet", Brittany fez a comédia "The Ramen Girl" em 2008, que só deve entrar em DVD aqui no Brasil, o suspense "Deadline", que já devia ter estreado e corre solto nos downloads da internet, e mais o thriller independente "Across the Hall" que estreou nos cinemas americanos agora em dezembro. Entre as obras em andamento, a atriz fazia um papel no drama "Abandoned". Ela interpretava Mary Walsh, uma mulher que acredita que seu marido, vivido por Dean Cain, desapareceu. O diretor Michael Feifer elogiou a atriz pelo papel. "Ela era profissional. Quando ela precisava, só 'ligava' e estava pronta", contou, dizendo que estava muito triste pela morte de Murphy. O filme deve estrear nos Estados Unidos no começo de 2010. Além de "Abandoned", Brittany ainda filmou outro thriller, o independente "Something Wicked" e "Os mercenários", estrelado por Sylvester Stallone, que teve cenas filmadas no Brasil e estreia em 2010. A atriz estava cotada para mais dois longas. "Shrinking Charlotte", cuja produção divulgou uma nota dizendo que vai escolher outra atriz para o papel de Charlotte, vai ser dedicado a Brittany. Já a comédia "Poor things" ainda não tinha confirmado a participação da atriz.

Seguem alguns cliques da atriz como homenagem da equipe do Cena de Cinema.



Comentários

zuleika disse…
Renato , para mim Brittany Murphy era literalmente uma estrela, que agora retornou ao seu devido lugar que é o Infinito.
Cláudia disse…
Muito bonita a sua homenagem. Adorava o trabalho da Brittany e fiquei chocada com a notícia. A vida é tão curta e ela ainda tinha muito o que acrescentar, tenho certeza. Primeiro de muitos natais tristes para a família e saudade dos fãs.